Atire a primeira pedra aquele que não adora tomar conta da vida alheia. Okay, tomar conta é um termo muito direto, digamos que sempre temos comentários a tecer a respeito do namorado novo da vizinha, do vestido da menina do andar de baixo ou sobre a amizade estranha de dois dos seus colegas de sala. Negar isso é quase dizer “eu não gosto de pão de queijo”, é mentira. (desculpa ai se você não gosta de pão de queijo).

Quando o assunto é relacionamento, os melhores questionamentos ever beiram a lógica “Jesus, o que ele está fazendo com ela?”, a gente finge que não é assim, que a beleza interior é uma delicia e enche nossos olhos de alegria, mas ao ver um casal sem harmonia alguma, comentários negativos surgem assim que eles viram a esquina. Isso sem contar o clichê “se ela pega ele, por que eu tô sozinha?”. Questionamentos de pessoas fúteis? Não, questionamentos apenas. Somos assim, a grama do vizinho é sempre mais verde, nosso telhado é de vidro, blá blá blá, wiskas sachê.

Pensando nesta dinâmica o The Frisky publicou o que eu chamaria de um infográfico (não?) sobre a dinâmica dos casais, ou pelos menos, como o mundo enxerga esta dinâmica.

Partindo deste princípio, um homem incrivelmente lindo jamais ficaria com uma mulher menos incrivelmente linda? Ouch!

jacke
 

Essa semana a Anna Pegova faz 35 anos desde a inauguração de sua primeira loja no Brasil e eu, como fã confessa da marca, não poderia deixar de fazer um post especial. Para quem não conhece, a Anna Pegova é uma marca francesa de cosméticos, criada nos anos 40 e que tem produtos de altíssima qualidade. Além de oferecer um serviço caprichado, tratamentos maravilhosos em clínicas espalhadas por todo o país e cosméticos que realmente funcionam, a marca ainda utiliza embalagens recicláveis e não testa em animais. Um exemplo, né?

Eu cresci ouvindo minha avó, mãe e tias falando sobre os produtos da marca e há um tempo atrás tive a satisfação de poder experimentá-los pela primeira vez e nunca mais parei. Foi amor a primeira “usada”. Eu sei que os produtos tem um custo elevado, mas a qualidade e os resultados compensam, sem contar que o preço ainda é bem mais amigos do que de outras marcas importadas como Lâncome, Chanel, YSL etc.

Quer saber um pouco mais sobre os produtos que eu já usei? Vem comigo…

joana
 

Com certeza você já ouviu falar naquele papo de que a moda sempre volta não é?

A agência brasileira Leo Burnett fez uma campanha MUITO legal para o amaciante de roupas Dreft com o slogan “Fashion always returns, take care of your clothes” (ou em bom português, “a moda sempre retorna, cuide de suas roupas”).


Do tempo que a Cenoura era a Semibagg…


Leia completo »

 
Página 111 de 192« Primeira...102030...109110111112113...120130140...Última »