Um grande fato sobre minha pessoa que eu nunca citei no blog e que, todos os dias, tenho mais provas sobre isso é a de que minha vida é um grande sitcom. Tenho muita certeza que a cada vez que eu entro em um ambiente novo, a platéia bate palmas e a cada interação bizarra que acontece comigo, o sonoplasta solta as risadas.

Geralmente, compartilho esses momentos entre meus amigos no Facebook. Porém/Todavia/Contudo a história desta quinta foi tão, mas tão maravilhosa que merecia um lugar especial nesse espaço chamado meu blog com direito a muitos gifs da Britney (por motivos de: sim, Brit me representa!), porque o mundo precisa saber deste meu talento de comediante da vida real. É sério. Pega a pipoca e vem acompanhar esta linda história!

tumblr_inline_my0rr8ecPY1rbonl5

Tudo começou porque eu desisti de ir no show do One Direction por uma série de motivos, começando pela preguiça de me desbancar até o Morumbi e de sair daquele buraco depois do show. Sim, eu estava realmente muito empolgada para o show, Harry Styles se enquadra na categoria 9inho do coração e mozinho da minha vida (mozão é o Brandon), enfrentei todos os julgamentos de amigos e colegas de trabalho por causa deste show, mas a preguiça falou mais alto.

HARRY CHORA MINHA AUSÊNCIA

HARRY CHORA MINHA AUSÊNCIA

Para continuar os procedimentos de cancelamento do show e devolução dos dinheiros, eu teria que devolver o ingresso para a organização em uma agência dos Correios com uma autorização de postagem. E daí fui eu, na hora do almoço, na agência aqui perto do meu trabalho, com meu ingresso na mão, pronto para ser devolvido.

Minha senha foi chamada, cheguei pro atendente e disse que era uma autorização de postagem para a devolução de um ingresso. Ele deu início ao procedimento e foi conferir os dados do ingresso. E aí começou a história:

Moço dos Correios: “Porque você está devolvendo este ingresso?”
Euzinha: Ah, desisti<
Moço dos Correios: “Mas você gosta do One Direction?”
Euzinha: MOÇO VOCÊ ESTÁ ME JULGANDO??????????????????

tumblr_mffsimEb8F1r3ty02o1_500

Moço dos Correios: “Não não, imagina. Faz bem, inclusive. Um amigo meu disse que ia para levar a namorada que gosta, mas ela disse que não vai…”
Euzinha: Moço, não me julga, já enfrentei muitos julgamentos por isso na minha vida. Eu curto boybands, curtia muito quando eu era teen…
Moço dos Correios: “Nossa, mas faz tempo né? Tá velha hein”
Euzinha: Nossa moço, não fala assim. Não é velho, é vintage…

tumblr_mapcwwZo1z1r3ty02o1_500

Moço dos Correios: “Ah, mas faz tempo né? Você gostava de NSync, de 5ive, de Backstreet Boys?”
Euzinha: É, gostava sim. E das Spice e da Britney também. Se bem que eu gosto deles até hoje…
Moço dos Correios: “E você fazia as coreografias também?” (e começou a cantar Bye Bye Bye e fez uma dancinha com as mãos PASME!)

Bye_bye_bye

Euzinha: É, eu me reunia com o pessoal pra treinar as coreografias e tinha um grupo cover também de brincadeira.

tumblr_mf0pt8K0Hf1r3ty02o1_500

Moço dos Correios: “É… na época era sucesso, todo mundo ouvia mas negava. Agora todo mundo admite que gostou né?”
Euzinha: Eu passei por isso, tive uma fase rocker que eu negava que gostava e ouvia escondido, mas hoje admito que gosto dos dois e tá tudo certo. Não posso julgar as pessoas porque eu gosto do Killers e da Britney né?
Moço dos Correios: “Agora você gosta de rock né? Você foi no show do Muse? (aponta para minha camiseta)”
Euzinha: Fui sim, eu também ia no Gran Metropole, pena que cancelaram :(

tumblr_meyu6v4wF41r3ty02o1_500

Moço dos Correios: “Ah eu não fui porque já tinha visto no Rock In Rio, mas fui para ver o Soundgarden… foi ótimo. Toma aqui seu comprovante, boa tarde. Tchau!”
Euzinha: Tchau moço!

tumblr_m9jc94awZu1r3ty02o1_500

Moço dos Correios, aonde quer que você esteja: me add e seja meu amigo. Vamos conversar mais sobre boybands e treinar coreografias juntos. E vocês, continuem ligadinhos que a qualquer momento, uma nova história deste seriado da vida real pode ser digna de um post aparecer neste blog!

 

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Quem acompanha o blog já deve ter percebido que música é um dos meus assuntos favoritos. E é mesmo. Sou movida à ela em todos os momentos: da hora que eu acordo ao momento até o momento que eu chego em casa depois de um longo dia. Gosto mesmo e adoraria que minha vida, que eu costumo brincar que é um grande sitcom dado as bizarrices que acontecem nela todo o dias, tivesse uma trilha sonora.

discosvida

Para celebrar o “Dia do Disco”, comemorado no último dia 20, o Rotaroots propôs nesta blogagem coletiva que nós contássemos quais eram os discos que marcaram nossa vida –e não necessariamente os favoritos. E olha, vou fizer que foi difícil pra caramba separar os meus favoritos dos que realmente marcaram minha vida, ainda que eles se confundam em vários momentos.

Vamos a minha lista? :)

1986-1995: Xuxa, Xou da Xuxa (todos)

Xou_da_Xuxa

Assim como boa parte das crianças nascidas entre os anos 80 e começo dos anos 90, Xuxa foi meu primeiro ídolo. Eu AMAVA a Xuxa, era louca por ela e meu grande sonho era ser paquita, só para ficar perto dela todos os dias. Tomava café da manhã na hora do “quem quer pão”, fazia altas coreografias nas festinhas infantis ao som dos hits da rainha dos baixinhos, tinha o microfone, a sandália, comprava sopa de letrinhas dela, enfim, muito fãzoca.

Aliás, pode incluir nesse cálculo todos os álbums da Xuxa até o “Tô de Bem Com a Vida”.

1992: Freddie Mercury, Barcelona

Freddie-Mercury-y-Montserrat-Caballe-Barcelona

Meus pais nunca foram muito musicais, mas sempre ouviram poucas e boas coisas, daquelas músicas para a eternidade. Cresci ouvindo Abba, Cher, Gal, Madonna, Michael Jackson e principalmente, Queen e Freddie Mercury.

Lembro que todos o dias, minha mãe colocava a vitrola o vinil do “Barcelona”, trabalho solo do Freddie com Montserrat Caballe. Na época achava um saco porque eu queria ouvir Xuxa, Paquitas ou Trem da Alegria, mas hoje acho o máximo. Toda vez que eu escuto “How Can I Go On”, lembro da minha infância, dos meus pais e do apartamento que a gente morava.

 

Não, você não entrou no blog errado. Não, ele não foi hackeado. E sim, eu poderia contar que ele foi invadido por uma prima distante chamada Mychelly Ahllyny, mas a verdade é que todo mundo tem seus guilty pleasures e esse é o meu.

Assim como 99% dos adolescentes dos anos 90, eu negava até a morte que curtia um pagode, e para falar a verdade não curtia mesmo. Nos caderninhos de enquete, respondia que odiava falsidade, mamão, cigarro e pagode. Dos 4, continuo odiando os 3 outros (principalmente o mamão), mas o pagode me pegou, tentei escapar e não consegui. Mas não é qualquer um, tá? Tem que ser aquele pagode moleque dos anos 90, de raiz, que cantava sobre as delícias e desamores do amor e da vida, carregado de ginga, sedução e claro, muita mágoa.

spcgif

Entrei tanto de cabeça nesse meu guilty pleasure que eu até ia no encontro da geração Gigantes do Samba no último sábado, aqui em SP, mas acabei morrendo com o ingresso na mão porque Murphy não perdoa e depois de 192938484 dias sem chover, resolveu cair bem na hora que eu estava me programando pra sair de casa. Daí que eu fiquei assistindo no Multishow e sofrendo de recalque abraçada com meu ingresso pelas amigas que estavam lá. Já deu para perceber que eu não ando com muita sorte em shows né?

Bom, aproveitei a vibe ~pagodayra~ que invadiu meu ser este final de semana para cumprir uma antiga promessa para os leitores: fazer uma mixtape só com os grandes hits do pagode vintage, old school, moleque, de raiz.

tape41

Gostou dessa mixtape? Para baixar, clica aqui. E para ouvir e baixar todas as outras que já passaram para o blog, vem pra cá.

A qualidade dessa mixtape não está tão boa quanto as demais porque é dificílimo encontrar as músicas originais na Internet, já que nesses quase 20 anos, as bandas mudaram a formação ou lançaram versões ao vivo. Mas mesmo assim tá cheia de amor, cheia de gingado e perfeita pra começar a semana sambando na cara da sociedade.

ATÉ BFLOW, MOZÃO E MUSO DESTE BLOG, ESTÁ SAMBANDO

ATÉ BFLOW, MOZÃO E MUSO DESTE BLOG, ESTÁ SAMBANDO

Mudando de assunto, para quem ainda não sabe, abri um grupo para o blog no Facebook. Tá pequenininho porém honesto, acolhedor e cheio de gente linda. Ou seja: espero vocês lá!

 
Página 8 de 192« Primeira...678910...203040...Última »